fbpx
 
07 abr 2017

Lifestyle da geração Y dita tendências para o mercado de franquias

Cada vez mais ativos no mercado consumidor, empresas devem se adaptar para
atender as demandas geradas pelos jovens Millennials

 

Sem dúvida, 2016 foi um ano desafiador para muitos brasileiros. Mas, mesmo com toda a recessão econômica do país, o mercado de franquias manteve sua prosperidade. Para este ano, a expectativa não é diferente. De acordo com o último estudo divulgado pela ABF – Associação Brasileira de Franchising – o setor deve apresentar um crescimento entre 7% e 9%. Dentre as tendências mais promissoras, um elo entre elas chama atenção, a grande maioria são bem características ao perfil de consumo da geração Y.

Segundo o administrador e especialista em franquias, Diego Simioni, os hábitos dos brasileiros estão mudando e, com isso, as empresas que atendem essas novas demandas têm ganhado cada vez mais notoriedade. Por isso, empreendedores que estão pensando em investir no mercado de franquias devem se manter atualizados às tendências do setor.

Ao aliar os segmentos que tiveram melhor performance no franchising durante o ano passado com a última pesquisa realizada pela Euromonitor, que conversou com mais de 20 mil pessoas em 20 países, incluindo o Brasil, é possível perceber os principais comportamentos globais dos consumidores.

Qualidade de vida – Cada vez mais, as pessoas têm buscado formas de manter a saúde física e mental em dia. E, como já era de se esperar, esse comportamento acaba refletindo nos negócios.

Segundo o já citado relatório da ABF, o segmento de “Alimentação” representa 36% das 50 maiores marcas de franquias no Brasil e o de “Saúde, Beleza e Bem-Estar” vem crescendo exponencialmente e já engloba 12% destas marcas.

Diante desse cenário, não é de se admirar que as franquias que prezem pela união das duas coisas estejam conquistando resultados ainda mais significativos, como é o caso da Sucão, rede de alimentação saudável que se destaca no setor de fast and healthy food.

Fundada em Campinas (SP) há mais de 40 anos, a empresa, que se tornou franquia em 2013, já possui 12 lojas em operação em todo o estado de São Paulo e a expectativa é de crescer ainda mais. “Mesmo com toda a crise de 2016, conseguimos fechar o ano com três novas unidades, o faturamento das nossas lojas aumentou uma média de 20% e a franquia cresceu quase o dobro em relação ao mesmo período de 2015. Para esse ano, a expectativa é ampliar nossa atuação no país”, comenta Antônio Ricardo de Mesquita, sócio fundador da marca.

Mais experiências, menos bens – Outra tendência que ganhou força com a geração Y é a preferência pelo acúmulo de experiências ao invés de bens materiais. Para esse grupo, viver uma vida feliz e significativa depende de criar, compartilhar e capturar memórias adquiridas por experiências que ampliem o espectro de oportunidades na vida.

Agências de intercâmbio se destacam por atender essa demanda e ainda oferecer crescimento profissional. No franchising, os segmentos “Serviços Educacionais” ficou em segundo lugar em representatividade entre as grandes marcas brasileiras (18%).

A franquia Global Study, que tem como missão democratizar o acesso ao intercâmbio, é uma boa referência do setor. Em 2015, a marca aumentou seu faturamento em 150% em comparação a 2014, passando de R$ 4 para mais de R$ 10 milhões. Já neste ano, a rede cresceu 39%.

A empresa está em operação desde 2007. De lá para cá, alunos do Brasil inteiro viajaram com o apoio da Global Study, que possui parceria com as melhores escolas em mais de 14 países, entre eles Austrália, Canadá, Nova Zelândia, Irlanda, Estados Unidos e Inglaterra. “A maioria dos nossos pacotes incluem passagem aérea, acomodação e escola. Dentre os favoritos dos alunos estão os que contam com a possibilidade de trabalho”, comenta Flávio Imamura, sócio fundador da rede.

Ainda segundo o franqueador, essa geração tende a ditar cada vez mais as regras no mercado. “Os Millennials ou geração Y não são a maior parte da população, mas logo ganharão seu espaço como maioria no mercado de trabalho. Atualmente, já respondem por cerca de R$ 3 trilhões dos gastos de consumidores anuais. Sem dúvida, um excelente público para quem pretende prosperar no mercado de franquias”, comenta.

1Comentário
  • Franquias baratas de 2017
    Posted at 07:44h, 17 dezembro Responder

    Excelente artigo! Já entrei no seu blog algumas vezes, mas esta é a primeira vez que deixo um comentário.
    Coloquei teu blog nos favoritos para eu não perder nenhuma atualização.
    Abração!

COMENTAR